Estados Unidos x Afeganistão
Será mesmo uma "guerra justa"?

Introdução

Logo após o ataque às torres gêmeas e ao pentágono, Estados Unidos buscaram um culpado. Encontraram um culpado, mesmo sem provas acusaram o Afeganistão. Não o país propriamente dito, mas, sim um grupo terrorista conhecido como Al qaeda. Esse pode ter sido o motivo real da invasão ao Afeganistão. Mas, analisando todo um contexto de fatos, podemos perceber que Estados Unidos tem interesses econômicos no País invadido. Através de uma série de pesquisas conseguimos material sobre boa parte dos acotecimentos desde o 11 de setembro.O governo Bush com seu poder, "alienou" a população, não só de seu país, mas do mundo, construindo uma imagem absurda do Afeganistão, a imagem se espalhou pelo mundo o que gerou grande ódio de muitos à um país que nem ao menos tem voz ativa. O verdadeiro objetivo da pesquisa é mostrar ao leitor o que é verídico ou não na mídia, internet, etc. E também mostrar os reais interesses do governo Bush no Afeganistão.
O termo "guerra justa" foi adotado no título desse trabalho, pelo motivo de acharmos o sarcasmo e a ironia de George Bush interessante. Bush usou o termo se referindo aos ataques que Estados Unidos faziam ao Afeganistão como uma espécie de vingança.